13/09/2017 16h07

Mais de 120 empresas do Espírito Santo se preparam para exportação

Mais de 120 empresas capixabas estão se preparando para ganhar o mundo com seus produtos e serviços. Esse e outros dados foram apresentados nesta quarta-feira (13), pelo Governo do Estado, durante o Seminário de Resultados Parciais do Programa de Qualificação para Exportação (Peiex) no Espírito Santo.

O evento, que contou com a presença de representantes da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), foi realizado em Vitória.

Na abertura, o diretor-técnico da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), Rodrigo Rodrigues, destacou que o Estado produz muita coisa boa, e que precisa mostrar, para fora do país, tudo que tem sido feito de bom. E é para isso que o Peiex-ES se prontifica: para auxiliar as empresas capixabas a se capacitarem para os novos desafios.

A subsecretária de Estado de Desenvolvimento, Cristina Vellozo, também comemorou o sucesso do Peiex-ES, no seu trabalho de preparar as empresas para mostrarem sua marca e seus produtos em outros mercados.

Em sua apresentação, a coordenadora de competitividade da Apex Brasil, Adriana Rodrigues, ressaltou que a empresa que começa a exportar fica mais inovadora, mais competitiva e contrata pessoas mais qualificadas. Adriana disse ainda que o papel da Apex é identificar oportunidades lá fora, para que as empresas brasileiras possam apresentar seu trabalho. Já são nove os escritórios da Apex no exterior.

Números

O Peiex foi lançado em maio de 2016, no Espírito Santo. O programa atende atualmente 120 empresas, de 20 segmentos, em todas as regiões do Estado. A maioria delas é das áreas de rochas ornamentais, tecnologia da informação, alimentos e vestuário.

Setenta e três empresas já estão na fase de implantação de melhorias e mais de 100 receberam o diagnóstico elaborado pela equipe do Núcleo do Peiex-ES.

Gestores de três empresas participantes do Peiex-ES, que já começam a exportar, falaram da sua experiência com o programa. Armando Marques, da Royal do Brasil (indústria de perfis de PVC); Sabrina Sanches, da Sanches Baby; e Marcelo Herzog, da empresa Mito Games, agradeceram muito a oportunidade que tiveram de ampliar seus conhecimentos e poderem atuar no comércio exterior.

Como funciona

Empresas de qualquer porte e setor podem participar do Peiex. As organizações recebem visitas e orientações de especialistas para atuarem no mercado internacional, além de participarem de oficinas sobre como preparar a empresa para exportar. Tudo de forma gratuita.

Os técnicos do Peiex fazem um diagnóstico da capacidade de exportação das empresas cadastradas e apontam e auxiliam na implantação de soluções para problemas técnico-gerenciais.

Até 2018, 146 empresas serão atendidas pelo programa no Espírito Santo. Atualmente, ainda há 26 vagas disponíveis.

Para saber como participar, basta acessar o banner do PEIEX, no canto superior direito do site www.sedes.es.gov.br. Você também pode enviar um e-mail para o endereço peiex@peiex.es.gov.br ou telefonar para (27) 3636- 6752.

Quem realiza

O Peiex é desenvolvido pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). No Espírito Santo, ele é coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento (Sedes) e pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes).

O programa também conta com a parceria do Sebrae, do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), da Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo (Findes), dos Correios e do Sindicato do Comércio de Exportação e Importação do Espírito Santo (Sindiex).

 

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da Sedes:

Manuella Romeiro 3636-9708 / 99942-9537

manuella.romeiro@sedes.es.gov.br

Marco Valério Magalhães 3636-9707 / 988174824 marco.magalhaes@sedes.es.gov.

Assessoria de Comunicação da Fapes

Palloma Spala/ Fernanda Magalhães

(27) 3636-1867

comunicacao@fapes.es.gov.br

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard